segunda-feira, 30 de junho de 2014

Hoje vim falar sobre minhas compras no Aliexpress e compartilhar minhas experiências com o site.

Ele pode deixar muita gente louca com a variedade imensa e os baixos preços em muitas peças, além de que em sua maioria, o frete é grátis. 
O site nos oferece produtos de diversas categorias:


O site possui diversos fornecedores, então a qualidade de seu produto pode variar, mas sempre há uma descrição com várias informações para que você possa se certificar e também ver comentários de consumidores.


Sendo o frete, grátis, pode demorar para chegar, até porque a maioria dos produtos vêm da Ásia. Aqui em casa, todos os moradores já fizeram pedidos (aliás tem um pedido da minha mãe para chegar), o prazo do site é de 15 a 50 dias, para mim sempre chegou em uma média de 1 mês.

Bom, vou mostrar fotos da minha última compra, confiram:






Desde que comecei e gostar de leggings. Procurei modelos no site e achei uns que me agradaram bastante, em um mês e poucos dias estava com minhas compras nas mãos. Os tecidos são bons, só a costura que não é tão bem feita, mas pelo preço, não posso reclamar, paguei cerca de 15 dólares nas 3 calças. 
Ah outro detalhe é que como são fornecedores diferentes, independente de você ter comprado tudo junto, os produtos chegam separados.

Nunca tive problemas com o site, nem ninguém que eu conheça. Espero que faça boas compras!

Até o próximo post.



sexta-feira, 20 de junho de 2014
                         
                                                  

Todos os dias "A" acorda em um corpo diferente; todos os dias tem que se adaptar a uma outra vida; todos os dias faz o que pode para não interferir na vida daquele cujo corpo habita. Esse é o protagonista que Levithan nos apresenta, A não tem um corpo fixo nem uma vida como a dos outros, cada manhã é uma nova aparência, gênero e situação.

Aos 16 anos, A acorda no corpo de um garoto chamado Justin e logo tem que se adaptar ao seu modo de viver. Ao conhecer sua namorada, logo percebe que esta não recebe seu devido valor, Rhiannon é mais um objeto do que alguém com quem compartilhar emoções e sentimentos. 
Diante dessa situação, A resolve dar apenas um dia especial para essa garota, valorizá-la e cumprir o papel de um verdadeiro namorado, mas o que não esperava era que essa interferência o faria se apaixonar por Rhiannon e buscá-la diariamente.

Ela passa a encontrar a mesma pessoa todos os dias mas com corpos diferentes, tem que tentar seguir essa amizade seja qual for sua aparência ou gênero. 

David escreve de forma incrível e trata de diversos temas como beleza, homossexualismo, vício em drogas, depressão entre outros, ele faz com que o livro seja muito mais que um passatempo e que amor presente e o desfecho da história seja um mistério cheio de possibilidades.

Outro tema abordado é fato de pensarmos sempre no "eu" ou escolher pensar no próximo, A sempre pensou em fazer o que podia para a pessoa dona do corpo habitado mas ao escolher pensar um pouco nele tudo mudou e começou (pelo menos tentou) a escrever a sua história, antes só feita de memórias que não pertenciam a ele.

Esta foi uma resenha complicada de escrever, pois é uma história muito detalhada e original, diferente de tudo o que já li. Não sei se ficou claro o que queria transmitir, mas vale muito a pena investir nesse livro.

Leiam também essa resenha do blog Tríplice Literária.

Espero que tenham gostado e até o próximo post :D
quarta-feira, 4 de junho de 2014

Sabe aquele frio que te dá vontade de tomar alguma coisa bem quentinha e doce? Pois é, aqui em Curitiba tem amanhecido com 3°C e no máximo 18°C durante o dia, desse jeito só um chocolate bem quente para aguentar. 
Esta receita vi no blog e no canal da Dani Noce, I Could Kill for Dessert/Cozinha Bossa & Malagueta, achei ela muito prática e aparentemente deliciosa, então resolvi fazer e experimentar. 
Com apenas 5 ingredientes é possível fazer uma mistura para deixar pronta e guardadinha para aquela hora do dia que dá vontade de um açúcarzinho haha.
Para a minha receita fiz metade da ensinada pela Dani Noce e coloquei uns ingredientes a menos, ou porque não tinha ou porque não gosto muito.

Fiz o passo a passo para verem direitinho (apesar de ser facinho):



Usei 3 colheres de sopa dessa mistura do Dr. Oetker que faz chantilly, para deixar bem cremoso, mas você pode substituir por 2 colheres de sopa de amido de milho (Maizena)


3 colheres de sopa de açúcar


5 colheres de sopa de chocolate em pó


3 colheres de sopa de leite em pó


Pouco menos que 1/2 colher de chá de canela em pó.

Colocando os ingredientes um a um, essa delicinha fica pronta.



Chocolate em pó


Leite em pó


Açúcar


Chanti-neve Dr. Oetker ou Maizena


Canela em pó



Misturar tudinho


Agora já pode levar ao fogo com 2 colheres de sopa da mistura e 100ml de leite para ficar bem cremosinho, mas pode fazer com água também, já que tem o leite em pó. Em um instantinho fica pronto. Esses 100ml equivalem a uma xícara individual.

Posto no instagram (ícone ao lado) a foto do chocolate quente mais tarde.

E aí gostaram? Fácil né? Comente e me mande fotos caso tenha feito.
Até o próximo post ;)


terça-feira, 3 de junho de 2014
                        
                                                      

Convergente, terceiro livro da trilogia Divergente, chegou ao Brasil já em março publicado pela editora ROCCO. O desfecho da série de Veronica Roth foi temida por muitos devido alguns boatos, mas garanto que mesmo sabendo deste spoiler não deixei de aproveitar a leitura.
Veronica traz em Convergente um entendimento muito maior sobre seus livros e faz com que muitas coisas fiquem claras, sem com que essas não fizessem falta anteriormente. 
Ela traz personagens do passado à história e surpreende não só leitores, como personagens. 

Dentre a trilogia, de um certo ponto de vista, foi o livro menos ativo, afinal, mostra a readaptação dos personagens em um novo ambiente em sua grande parte, mas por outro lado causa grande aflição nas horas de ação.

Já faz tempo que li Divergente e Insurgente, mas sinto que esse, apesar de tudo, foi meu favorito.

Tris e Tobias tem seus altos e baixos dentro do relacionamento e ambos devem tomar decisões próprias mas ao mesmo tempo pensar no companheiro com uma promessa de honestidade. No início da narrativa ficam desorientados em busca do entendimento de como será o rumo de suas vidas após a descoberta de que além de Chicago há cidades diferentes, um país e um planeta inteiro, antes desconhecido revelado pelo vídeo de Edith Prior em Insurgente.
É neste novo mundo que acabam por interferir na sociedade atual e conhecem uma maneira diferente de ver as pessoas, assim a descobrir que a sociedade por si só sempre será imperfeita, havendo uma separação de grupos, sejam facções ou não.

É impressionante a criatividade de Veronica em todos os capítulos, deixando-nos sempre com mais vontade do que vem a seguir. Alguns finais tristes nos deixam intrigados, mas vale a pena se aventurar junto com o essa multidão de fãs da série. 

Lembrem-se que o filme Insurgente já começou sua gravação, só resta esperar por mais uma adaptação muito bem feita assim como Divergente.

Espero que tenham gostado da resenha. Aproveitem a leitura e até o próximo post.


Quem sou

Quem sou
Em setembro de 2013 comecei a escrever sobre livros, e desde então melhorei e mudei os assuntos abordados para muito além da literatura, como fotografia, decoração, culinária, moda, música e filmes. Curitibana, aos 14 anos, amo visitar confeitarias e cafés em boa companhia. Obrigada por visitar o blog, qualquer sugestão é muito bem vinda e aceita!

Redes Sociais

Twitter Youtube Pinterest Instagram Skoob

O que você procura?

Follow me on

Seguidores

Tecnologia do Blogger.