quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Depois de bastante tempo sem resenha voltei para mostrar para vocês um livro que ganhei de uma amiga no aniversário (pra vocês verem como eu demoro para ler).

Primeiramente, a diagramação é muito boa, a fonte é confortável, nem muito pequena nem muito grande, as páginas não são amarrotadas de parágrafos, facilitando a leitura, e a folha é amarelada, o que eu prefiro e nossos olhos agradecem.



O livro possui clima de férias, já que a protagonista, Ellen, está fora de sua rotina habitual e este se passa em uma pequena cidade na Austrália, onde sua avó passou sua infância e juventude.
Poucos familiares sabem a respeito desta época de sua vida, porém, isso muda quando ao falecer pede para que sua neta volte a sua cidade natal para entregar uma carta ao seu antigo e primeiro amor, Chet Cummings. 


Ellen pensava que seria uma viagem rápida e que logo estaria de volta a Nova York para comparecer um importante jantar com seu noivo Hayden, com quem estava construindo uma vida aparentemente perfeita.
Sua primeira impressão da cidade não é muito boa. Pois quando ao caminhar até um píer para tirar fotos da paisagem com sua câmera nova acaba caindo e insiste em dizer não estar se afogando, porém é salva por um morador, Roy, que muda todo o rumo de sua jornada. 


A autora durante a narrativa consegue envolver seus leitores aos imprevistos ocorridos  e ligar os pontos de toda a história como se estivesse prestes a desvendar um mistério. O título à primeira vista, parece bobo e não fazer relação com a história, porém este faz parte de mais um segredo da avó de Ellen.

A protagonista jamais pensou que esta viagem mudaria sua maneira de viver e de ver o mundo.



É um livro água com açúcar, bem passatempo, mas vale a pena a leitura, principalmente porque daqui a pouco muitos pelo menos estarão em férias.

Obrigada por ler e até o próximo post!



0 comentários:

Quem sou

Quem sou
Em setembro de 2013 comecei a escrever sobre livros, e desde então melhorei e mudei os assuntos abordados para muito além da literatura, como fotografia, decoração, culinária, moda, música e filmes. Curitibana, aos 14 anos, amo visitar confeitarias e cafés em boa companhia. Obrigada por visitar o blog, qualquer sugestão é muito bem vinda e aceita!

Redes Sociais

Twitter Youtube Pinterest Instagram Skoob

O que você procura?

Follow me on

Seguidores

Tecnologia do Blogger.